CHAMINÉ - pioneiro em Ceará-Mirim RN
CHAMINÉ - BLOG PIONEIRO DE CEARÁ-MIRIM

COMUNICADO: O Blog Chaminé encerrou suas atividades em 31/12/2009.

OBS.: PARA ACESSAR O CONTEÚDO DOS ÚLTIMOS QUINZE MESES, CLIQUE ABAIXO (A DIREITA) EM: "POSTAGENS ANTERIORES".

CHAMINÉ - pioneiro em Ceará-Mirim RN

Esteve ativo de 1º de Janeiro de 2007 a 31 de Dezembro de 2009.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

.....

sexta-feira, 1 de julho de 2011

.

VALE VERDE FM 87,9 AO VIVO - HD

VOCÊ ESTÁ OUVINDO A VALE VERDE FM 87,9 DE CEARÁ MIRIM-RN

quinta-feira, 26 de maio de 2011

ACESSE O BLOG DA VALE VERDE FM.
SUPER ATUALIZADO.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009



Neste espaço, nos primórdios do blog chaminé, que deixará lacuna e saudades, escrevi várias matérias sobre os mais variados temas. Primeiro foi o Papo da Semana , depois o Papo do Mês, por fim aqui estou de novo com um título que já diz tudo. O blog Chaminé encerra suas postagens que tanto ilustraram e contribuíram para a melhoria da nossa cultura de forma inteligente, independente e sincera. Como assim é o seu blogueiro-mor, meu amigo Edvaldo Morais. Por aqui passaram todos os estilos, os ditos e não ditos, os bons e os não tão bons assim, mas todos vestindo a camisa do blog e o fim a que sempre se destinou, ou seja, o enriquecimento de saber deste povo, filho desta terra tão carente de tudo. Eu, escriba sem fama, mas de muita teimosia em querer ser, com vontade participei e destilei minhas boas impressões e o meu mau humor também.Aqui fomos os porta vozes de uma época do Ceará Mirim. Falamos do presente e revivemos o passado, inclusive chamando conterrâneos de outrora a se expressarem. O futuro que, segundo os acomodados, a Deus pertence, também foi delineado neste espaço. E na prática, como vai Ceará Mirim as portas de 2010? Pensei em encerrar minha participação fazendo um paralelo entre nossa amada terra e os Estados Unidos. Entre os negros e pobres sem sobrenomes famosos. Antonio Peixoto e Obama. Isto precisaria de muita teoria sócio-filosófica que eu não teria como fazer, pois sou apenas advogado, apesar de alguns imbecis pensarem que iam me fazer deixar de ser. Só sei que Ceará Mirim vai em frente. Não como queríamos, é verdade, porém dentro das mudanças que a nova era requer. Temos uma nova geração que parece querer assumir as mudanças. Mas “pêrai” pessoal! Neste novo mundo tem que se agir com fibra, sem parecer agressivo e radical. Duvidem dos sisudos de punhos armados, frases feitas e com solução prá tudo. Estes não resistem a um emprego em qualquer esfera de governo. Sabem de que e de quem falo.. Ceará Mirim precisa do pessoal novo, de coragem, sem vínculo e com muita vontade, sem vício de poder público e com sede de melhorar a vida do próximo e a sua também, tudo de forma igualitária sem aquelas velhas máximas comunistas. Estamos em outro tempo. Obama vai passar ,Peixoto mais ainda. Lá como cá, marcaram uma época, mas não conseguiriam parar o tempo. A sequencia depende sempre e mais dos novos, dos verdadeiros filhos que jamais iriam trair mãe e irmãos, porque Ceará Mirim é nosso. Somos da gema. Tal como o carioca que idolatra com razão o pão de açúcar, o Cristo, o Maracanã, Copacabana e as favelas, idolatre também o vale, as praias, os restos de engenhos, as praças, as pessoas simples, principalmente elas. O mais o tempo dirá. Eu deixo uma abraço de agradecimento aos web leitores que me aprovaram ou não e a esperança de que após seus bem sucedidos estudos o amigo Edvaldo ressuscite o Chaminé. Estarei esperando para participar. Ceará Mirim também, até porque precisa deste Blog . 
Tchau.



Fim da linha? Nem tanto. O professor precisa mesmo de um tempo para realizar suas tarefas. E 2010 promete ser “puxado” para ele (e quando não foi assim?). Mas é claro que a gente vai sentir falta do conteúdo limpo dessa Chaminé. Nesse blog eu pude me realizar como arremedo de cronista. Lembro-me daquele comentário primeiro, feito à respeito de um texto de autoria do professor Sérgio. Edvaldo mandou a resposta, naquele início de postagem do chaminé, e esse gesto foi suficiente para me encorajar a escrever meus textos para o blog. Mas falar sobre o quê? Obviamente que me cairia bem falar sobre música, já que convivo com ela diariamente, seja como músico, colecionador ou mesmo ouvinte. Falar de outro assunto poderia ser um desastre pior. Eu que tateio com todo cuidado para não escorregar (coisa que as vezes me acontece) no meu português ruim, na tentativa de passar para os web-leitores as minhas experiências e impressões sobre a música e os músicos da nossa terra. Assim surgiu a coluna “O Som do Vale”, que assinei ao longo desses três anos. Fico feliz por ter contribuído para tornar conhecida a história de muita gente daqui. Músicos e bandas que me proporcionaram um mergulho em suas vidas. Aprendi muito e me emocionei ouvindo e depois narrando suas histórias. Não cito nomes de quem falei para não acontecer de esquecer de alguém, já que, modéstia à parte foram muitos os colegas lembrados aqui. Cito, porém, os nomes de alguns que pretendia falar e ainda não fiz: Nelson Moreira, Raimundinho do Violão, Gerson Vieira, o grupo musical Beija-Flor, Amarildo e tantos outros músicos da nossa cidade. Doeu-me mais ainda a não realização daquela que seria a minha última matéria para o chaminé nesse seu ciclo de vida: a trajetória do grupo Bicho de Sete Cabeças. Eu até já havia marcado uma conversa com dois dos integrantes, mas um deles, o músico Alexandre Lacerda, teve um problema de saúde e isso me fez adiar esse sonho. Mas eu quero o mais rápido possível contar a história desse grupo do qual sou fã até hoje e guardo como relíquia o seu compacto lançado no início da década de 80.

Edvaldo Morais, muito obrigado pela oportunidade que você me deu de participar dessa equipe de colaboradores do blog, aprendi muito com todos eles. Agradeço também pela confiança e pela (quase) liberdade de expressão que também me foi dada. Quando digo “quase”, não é que eu tenha recebido censura com relação aos meus textos, mas reconheço que algumas vezes tive frases ásperas lapidadas ao passar pelo olhar atento do professor. E talvez isso tenha sido a razão do sucesso do blog que encerra suas postagens sem ter causado polêmicas em momento algum. Por ter um coração generoso e acolhedor, o amigo por vezes permitiu postagens que distanciou o blog do seu objetivo inicial. Trata-se apenas de uma observação minha. Claro que você tinha todo o direito de dar o rumo que bem entendesse a essa sua criação. Nada porém vai tirar a sensação de bem estar quando um leitor saudosista puser no drive do computador o CD-ROM do chaminé e se deleitar com o seu conteúdo.
Pelo assunto que eu sempre tratava nas minhas matérias, elas para mim funcionavam como a criação de uma música. A canção que eu não conclui vou continuar tentando criar, à minha maneira, escrevendo pelos blogs da vida. Quem sabe ela acabe em 2011? Como cantou Raul Seixas: “Um abraço e até outra vez!” E a gente se encontra pelas esquinas do tempo... Mas deixo para os queridos web-leitores do chaminé essa belíssima letra da canção Saudade, de autoria dos nossos compositores Alexandre Lacerda, Marcos Câmara e Adeildo Neto. Essa música está no compacto lançado pelo Bicho de Sete Cabeças.


SAUDADE
Mora nas lembranças revividas
a vontade louca de voltar
Abraça os meus anseios decidida
esmaga os protestos sem pensar
Forte como a garra dos sofridos
luta com a fome a lhe incitar
Já não mais suporto os seus açoites
que me acariciam sem cessar
E lá vou eu,
quantas noites já não sei
O meu peito feito chumbo
derretido no seu laço
E lá vou eu,
a esperança pelo braço
quantas vezes, tantas rotas,
escondendo o meu cansaço
Não me importa a noite atrevida
em que se fez guardar meu coração
Como a proteger-se de uma vida
onde o amor beijou a solidão
Sempre que relembro o nosso sonho
sinto que não posso mais ficar
Longe de você e seu carinho,
longe de você e o seu olhar.
Eliel Silva - Dezembro/2009




Neste último dia de postagem do Blog Chaminé, rendemos homenagem ao escritor e jornalista cearamirinense, cujo centenário de nascimento celebramos recentemente: NILO PEREIRA. A seguir, reproduzimos o discurso do seu sucessor na Cadeira 19 da Academia Norteriograndense de Letras, Murilo Melo Filho, proferido por ocasião da Sessão Magna Comemorativa a data.  O texto nos chegou através do Dr.Geraldo Pereira, filho de Nilo, residente em Recife, a quem agradecemos.


* SENHOR PRESIDENTE DIÓGENES DA CUNHA LIMA.
*SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, RUI PEREIRA, REPRESENTANTE DA GOVERNADORA WILMA DE FARIA.
* SENHORA e SENHORES ACADÊMICOS.
* SENHORES MEMBROS DA MESA.
* SENHORA PROFESSORA LÚCIA HELENA PEREIRA.
* MINHAS SENHORAS e MEUS SENHORES.
* MINHAS AMIGAS e MEUS AMIGOS.
* MINHAS QUERIDAS IRMÃS ELMA, ILMA E ANA EMÍLIA.
Certo dia, há 15 anos, eu estava posto em sossego, se é que isto era possível, naquela tumultuada redação do jornal “Tribuna da Imprensa”, liderado por Carlos Lacerda, quando tocou o telefone.
Era o Acadêmico Enélio Petrovich, que me dizia o seguinte:
– Murilo. Acaba de morrer no Recife o nosso Confrade Nilo Pereira e está aberta uma vaga na cota dos Acadêmicos não residentes em Natal, uma cota na qual já se tinham elegido antes, entre outros: Miguel Seabra Fagundes, Peregrino Júnior, Umberto Peregrino, Adauto da Câmara, Deoclécio Duarte, José Augusto Bezerra de Medeiros, e também na qual se elegeriam depois: Nestor dos Santos Lima, Fagundes de Menezes e Sílvio Pedroza.
– Acrescentava Enélio:
“Acho bom você candidatar-se logo, porque esta vaga é sua, e você tem de eleger-se por unanimidade”.
Mantive então os primeiros contatos com os Acadêmicos Diógenes da Cunha Lima, Enélio Petrovich, Alvamar Furtado, Paulo Macedo e os meus primos Veríssimo de Melo e João Wilson Mendes Melo, sobre a minha candidatura à vaga do saudoso Nilo Pereira.
E consultei-os sobre a possibilidade de o meu nome ser aceito e viabilizado dentro de uma fórmula de consenso.
Sim, porque esta era a única exigência que eu e Enélio desde logo fazíamos: a de que o meu nome fosse aceito por todos os Acadêmicos, sem a preterição de nenhum outro candidato.
Escrevi, então, uma carta-consulta a cada um deles e as respostas que de todos recebi foram tão comoventes e calorosas que me deram logo a esperança de que poderíamos atingir – como realmente atingimos – o objetivo de uma carinhosa unanimidade.
Devo ponderar que, em matéria de eleições acadêmicas, estas soluções unânimes nem sempre são muito comuns ou freqüentes.
SENHORA e SENHORES ACADÊMICOS.
Dir-se-ia até que, com aquela exigência da unanimidade, eu estava adotando o UNANIMISMO, uma escola literária fundada por John dos Passos nos Estados Unidos e por Jules Romain, na França, que se dispunha a resgatar, em pleno Século 20, os sentimentos unânimes de importantes grupos humanos, como é o caso desta Academia Norte-Rio-grandense de Letras.
Tomei posse, então, durante uma solenidade e uma noite simplesmente inesquecíveis, sob a presidência de V. Excia., Senhor Presidente Diógenes da Cunha Lima, realizada no Teatro Alberto Maranhão, repleto em todas as suas cadeiras, desde a platéia, até os camarotes e as gerais, quando fui saudado num comovente discurso do saudoso Acadêmico Alvamar Furtado, que terminou suas palavras numa incrível e surpreendente premonição. Dizia ele:
– Com a sua posse, nesta noite, Murilo não apenas atende ao convite de Enélio Petrovich, como dá o primeiro passo na caminhada que certamente terminará na Academia Brasileira de Letras.
Cinco anos antes, ao fazer essa previsão, Alvamar nem de longe sabia como ela, para confirmar-se, seria tão penosa, tão trabalhosa e tão sofrida.
Porque, assim como acontece aqui na Academia Norte-Rio-grandense de Letras, também lá, na ABL, em escala muito maior, é bastante difícil vencer uma eleição.
Só Deus sabe o quanto.
O Presidente Juscelino Kubitschek, em vida, me dizia o seguinte:
– Murilo. Eu consegui o voto de 3 milhões e 500 mil brasileiros que me elegeram para a Presidência da República. E não consegui o voto de 20 acadêmicos, que não me elegeram para a Academia Brasileira de Letras.
Ele foi derrotado: teve 19 votos contra 20 = a metade mais um dos 39 votantes = dados a Bernardo Elis, um modesto contista lá de Goiás.
JK achava mais fácil ter se elegido Presidente da República do que se eleger Acadêmico. E essa sua derrota amargurou muito os seus últimos anos de vida.
MINHAS SENHORAS e MEUS SENHORES.
Quando cheguei ao Rio, ido aqui de Natal, eu costumava assistir às posses cerimoniosas dos Acadêmicos Barbosa Lima Sobrinho, José Américo de Almeida, José Lins do Rego, Rachel de Queiroz, Jorge Amado e Pedro Calmon, como membros da Academia Brasileira de Letras.
Aquele era um espetáculo que muito me fascinava. E certo dia, numa dessas posses, eu estava com minha mulher Norma, esta admirável companheira e conterrânea aqui de Natal, sentada ao meu lado e lhe perguntei o seguinte:
– Quem sabe, Norma, se eu, algum dia, não chegarei aqui?
E no ano de 2.000, cinquenta anos depois, cheguei, eleito pelo voto livre, generoso, soberano e independente, de 24 acadêmicos, logo no primeiro escrutínio e na minha primeira vez em que me candidatava (o que não era muito freqüente de acontecer) e assumindo um mandato, que, como o de Vossas Excelências aqui, não tem prazo para terminar, porque é vitalício.
(Talvez por isto mesmo nos chamem de “imortais”, mas infelizmente ainda não “imorríveis).
Podem todos imaginar o quanto eu me sentia feliz e realizado, porque há meio século eu ambicionava aquela Academia, eu a cultivava e sonhava com ela.
(Dizem, aliás, que as coisas na vida, ambicionadas, cultivadas e sonhadas, quando conquistadas, têm um sabor todo especial).
SENHORAS e SENHORES ACADÊMICOS.
Retornando agora ao plano estadual e tomando posse como vosso companheiro na Cadeira 19, desta Casa de Câmara Cascudo, pude então proclamar que tinha a suprema felicidade de transpor os umbrais daquele Teatro e desta Academia com 33 votos a favor e nenhum contra, dados pela generosa unanimidade dos Acadêmicos, para atender, inclusive, à condição “si ne qua non”, exigida por Enélio.
Quando, cinco anos depois, eu me candidatei e me elegi para a Cadeira número 20 da Academia Brasileira de Letras, o Acadêmico e meu irmão Arnaldo Niskier comentou na sua saudação:
– Passando da Cadeira 19 em Natal para a Cadeira 20 aqui no Rio, eu só quero saber onde o Murilo vai parar”.
SENHORA e SENHORES ACADÊMICOS.
Três grandes intelectuais haviam honrado, antes de mim, esta Cadeira 19.
O poeta Ferreira Itajubá foi o Patrono. O Professor Clementino Câmara foi o primeiro ocupante. O Jornalista Nilo Pereira foi o segundo, sobre o qual falarei mais adiante. E eu, também jornalista, fui o terceiro ocupante e espero sê-lo, como tenho sido até hoje, por muitos anos ainda, com a graça e a ajuda de Deus.
Esta 19 é uma cadeira harmoniosa, unida e contínua. Justamente na harmonia da sucessão dos ocupantes de cada cadeira reside o verdadeiro segredo da perenidade das Academias e da perpetuidade dos acadêmicos.
Um poeta, um professor e dois jornalistas.
Falarei em seguida um pouquinho sobre cada um deles, abusando da paciência de V. Excias. e começarei pelo poeta, que foi também o primeiro.
De acordo com Veríssimo de Melo, o Patrono Ferreira Itajubá foi “um menestrel indígena, modinheiro inveterado, cantando em serenatas, escrevendo sonetos do mais puro sabor bocageano, alimentando-se de lua e vivendo de saudade”.
E eu acrescentaria:
– Da lua de Shakespeare e da saudade de Renan.
Sua poesia não tinha polimento, nem lapidação – porque, segundo Cascudo, Itajubá frequentemente se esquecia da gramática e do vernáculo. Sua poesia se compunha de quadrinhas, sextilhas e oitavas, que emanavam espontaneamente do seu imenso coração, densas, versáteis, imaginosas, saudosistas, românticas, amorosas, retóricas, pessoais e carinhosas.
Manoel Virgílio Ferreira, também conhecido como Azinho, só depois, já adulto, iria incorporar o referencial e o sobrenome de Itajubá.
Boêmio, irrequieto, genioso, combativo, lírico, cético, irônico, utópico et messiânico, o nosso Patrono, além de poeta e jornalista, foi também orador popular, professor, auxiliar de escritório, esportista, escrevente de Praticagem, inspetor do Ateneu, agitador socialista, partidário de José da Penha, aprendiz de pintor, líder operário, pregador protestante, um artista de circo, onde fazia de tudo: diretor, empresário, domador de feras e acrobata.
Conseguiu ser tudo isto em apenas 35 anos de uma vida atípica. Parecia até que tinha pressa em viver e cuidou de exercer o maior número possível de profissões, no menor espaço de tempo.
Existiram e conviveram vários Itajubás dentro de um só.
Pois ele foi ainda um empinador de papagaios, um fogueteiro e um fabricante de busca-pés, organizando a famosa “Divisão Branca”, pela qual participou do primeiro desfile de Carnaval, realizado aqui na Cidade, na Avenida Tavares de Lira, com uma fantasia de romano e uma coroa de louros.
Aí um popular, ao reconhecê-lo, saudou-o efusivamente:
-Aí, Apolo.
E ele reagiu, energicamente:
– Apolo, não. Eu sou Nero, seu burro.
Um dos enredos carnavalescos, que escreveu para três atos, não tinha o terceiro, porque todos os personagens morriam no segundo.
Certa vez, o poeta Ferreira Itajubá estava num dos últimos bancos do bonde, quando se sentaram ao seu lado duas senhoras suficientemente gordas para fazerem o banco desabar com tanto peso.
E Itajubá, muito irônico, comentou:
– Esta é a primeira vez na vida que vejo um banco quebrar por excesso de fundos.
Sua musa foi uma noiva de nome Branca, que nunca existiu, pois era apenas uma ficção abstrata de sua prodigiosa imaginação. Cantou-a nos versos imortais do seu poema “Terra Natal”, onde a amada lembra a Julieta, de Shakespeare; a Evangelina, de Longfellow; a Eleonora, de Tasso; a Ana Karenina, de Tolstoi; a Fornarina, de Rafael Sanzio e a Beatriz de Dante Alighieri.
Num verso em homenagem à sua “Terra Mater”, escreveu Itajubá:
“Natal é um vale branco entre coqueiros,
Logo que desce a luz das alvoradas,
Vão barra a fora as velas das jangadas,
Cessam no Potengi as trovas dos barqueiros”.
No seu livro, “Harmonias do Norte”, revelou-se um discípulo dos trovadores da Provença e um seguidor de Frederico Mistral.
Morreu em 1912, na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro.
Henrique Castriciano e Eloy de Souza fizeram o traslado dos seus ossos para Natal e os depositaram num ossuário da Matriz de Bom Jesus das Dores, ali, na Ribeira. Tencionavam construir-lhe um Mausoléu. Mas, um vigário da Paróquia, o Frei André, alemão, ao remodelar a igreja, juntou todos os ossos que foi encontrando e os enterrou numa vala comum.
MINHAS SENHORAS e MEUS SENHORES.
Sobre o Professor Clementino Câmara, primeiro Ocupante desta nossa Cadeira, posso dizer que ainda hoje tenho bem viva na minha memória a sua imagem sempre presente na Escola Normal e ali no Ateneu da Rua Junqueira Aires, com seu inseparável charuto.
A ele devo tudo quanto, ainda hoje, sei da História do Brasil.
Começando a ensinar aos 18 anos de idade, ele foi um mestre, atento, cuidadoso e honesto, que inscreveu o seu nome na história do Magistério e da Educação do Rio Grande do Norte.
Adepto fanático do estilo clássico, na forma e no conteúdo literários, era também um arquiteto das frases bem construídas, que costumava pronunciar, escandindo bem as sílabas, num estilo objetivo, franco e direto.
Serralheiro, operário e jornalista, teve a coragem aqui em Natal, na década de 40, de ser um líder da Maçonaria.
Certo dia, um aluno fez um gesto grosseiro para D. Hilda, sua mulher. E apesar de ter pedido desculpas, foi expulso da sala pelo Professor Clementino.
Esse aluno, muitos anos depois, chegaria a Presidente da República. Chamava-se João Café Filho.
SENHOR PRESIDENTE.
Quís o destino, nas suas curiosas urdiduras e coincidências, que, nesta Cadeira 19, além de Ferreira Itajubá e de Clementino Câmara, eu sucedesse também a Nilo de Oliveira Pereira, escritor como eu, jornalista como eu, católico praticante como eu, potiguar e nordestino como eu, exilado e saudoso, como eu, da terra e do povo do Rio Grande do Norte.
Ele do seu Guaporé e do seu Ceará-Mirim.
Eu, do meu querido bairro do Tirol e da minha amada Cidade de Natal, onde vivi até os 18 anos de idade, na companhia do meu pai, Murilo Melo, de quem herdei não apenas o nome, mas também um legado de muita correção, dignidade e honradez e da minha mãe, Hermínia, uma corajosa heroína, a braços com a educação de mais três filhos: Herilo, Hênio, Eduardo e de mais três filhas: Elma, Ilma e Ana Emília, aqui presentes. (palmas).
Pertencemos nós dois – Nilo e eu – à mesma categoria dos desterrados da terra natal, mas que por isto mesmo se sentiram sempre irmanados neste exílio e neste acendrado amor pelo nosso Estado e pelo Nordeste.
Nilo Pereira foi um católico que harmonizou a Fé e a Razão, sem o menor ranço de sectarismo ou de dogmatismo religiosos.
Amigo, no “Centro Dom Vital”, de Alceu de Amoroso Lima, Sobral Pinto, Jackson de Figueiredo e do Padre Leonel Franca, Nilo formou o seu universo na boa escola tomista, da “Suma Teológica”, de São Tomás de Aquino; das “Confissões” de Santo Agostinho e do “Cântico ao Sol”, de São Francisco de Assis.
Leitor apaixonado de Paul Claudel, Jacques Maritain, Léon Blois, Charles Péguy, André Malraux, François Mauriac e Georges Bernanos, pertencia com eles a uma geração de líderes renovadores da Igreja Católica.
Nilo Pereira nasceu no dia 11 de dezembro de 1909, há 100 anos, portanto, que se comemoram nas próximas semanas, e que já estamos homenageando esta noite.
Seu berço foi o Engenho “Verde Nasce” e educou-se no Engenho “Guaporé”, ambos no seu saudoso Ceará-Mirim.
Estudou na Escola do Comércio em Natal, mas formou-se pela Faculdade de Direito do Recife, de cuja turma foi o orador. Seu discurso impressionou tanto que o então Interventor Agamenon Magalhães o convidou para ocupar funções relevantes na vida pública de Pernambuco: Secretário de Educação e Secretário do Governo, por três vezes; deputado estadual e líder da maioria na Assembléia Legislativa do Estado, durante três anos.
Foi redator-chefe da “Folha da Manhã” e trabalhou no “Jornal do Commercio”; no “Jornal Pequeno”; na “Tribuna” e no “Diário de Pernambuco”, do Recife.
Escreveu em “O Jornal” e no “Jornal do Commercio”, do Rio de Janeiro; em “O Liberal” de Belém do Pará; em “A União”, de João Pessoa; no “Diário”, na “República”, no “Estado”, no “Poti” e na “Tribuna do Norte”, aqui de Natal.
Foi Presidente do Instituto Histórico de Pernambuco, deixando centenas de crônicas e 34 livros publicados, entre os quais:“Camões e Nabuco”; “Dom Vital e a questão religiosa”; “Gilberto Freyre, visto de perto”; “Mauro Mota e o seu tempo”; e “Iniciação ao jornalismo”.
Casou-se com D. Lila e teve seis filhos: Geraldo, que aqui não pôde comparecer por motivo de força maior, Maria Beatriz, Roberto, Tereza, Eliana e Fátima.
Nesta Academia, sucedendo a Clementino Câmara, foi recebido num brilhante discurso por outro grande Acadêmico, Edgar Barbosa, segundo o qual “Nilo guardava, como Joaquim Nabuco, a perene lembrança dos balouçantes canaviais da sua terra e o cheiro do mel ainda fumaçante”.
Conviveu com uma rica geração de pernambucanos famosos: Etelvino Lins, João Roma, Barbosa Lima Sobrinho, Gilberto Freyre, Lula Cardoso Ayres, Francisco Brennand, Nelson e Ascenso Ferreira, Capiba, Antônio Maria, Fernando Lobo, Aluízio Magalhães, Cícero Dias, os “Coronéis” Chico Heráclito e Chico Romão, Rubens Moreira, Augusto Rodrigues, Waldemar de Oliveira, Andrade Lima, Aderbal Jurema, Pessoa de Queiroz, Armando Monteiro, José Ermírio de Moraes, os nossos Confrades João Cabral de Melo Neto, Mauro Mota, Marco Maciel, Álvaro Lins e Marcos Vilaça.
O Professor e Acadêmico Américo de Oliveira Costa escreveu:
– Nascido no Engenho de nome “Verde Nasce”, onde verde nasceu e passando a infância no Engenho “Guaporé”, onde viveu o seu mundo submerso, renaniano, Nilo foi no Recife uma espécie de deputado potiguar às Cortes de Pernambuco e o florão mais alto dos canaviais do Ceará-Mirim, que cantou em prosa e verso.
Escrevendo ao nosso companheiro Enélio Petrovich, Nilo assim se definia:
– Eu sou um canavial que pensa.
Sua evocação do vale foi feita, sobretudo, na página “Manhã da Criação”, toda ela voltada para a saudade de um tempo que passou, mas não morreu e que ele soube sempre reviver, numa evocação imortal (abreaspas):
– A manhã fria e cinzenta restituiu-me o Ceará-Mirim, numa dessas horas bíblicas da criação do mundo. Do alto das torres da igreja o vale aparece numa visão de encantamento.
– A chuva que cai não impede aos olhos do menino ver de longe os velhos engenhos, que se erguem como um testemunho permanente dos privilégios da terra. Tudo ali é de uma beleza poética. Deus há de ter demorado Sua Mão universal sobre o vale, onde é possível reconhecer, ainda hoje, vestígios do paraíso perdido.
– Um vasto silêncio se espraia sobre a cidade. E como é um domingo, as chaminés deixam esparzir sobre o vale a sua fumaça espessa, que tantas vezes levou para os espaços os sonhos de muitos homens que ali viveram e trabalharam. O vale parece dormir, mas é tão forte o seu colorido que a vida, mesmo adormecida, é cada vez mais bela e mais exuberante. O cinzento da manhã, tocado de tonalidades líricas, não supera o verde magnífico do canavial, que ondula levemente, como se fosse tangido por um gênio da poesia. O cenário é simplesmente prodigioso. (fechaspas).
Sempre que lhe escrevia, o mestre Câmara Cascudo sobrescritava no envelope:
– Ilmo. Sr. Dr. Nilo Pereira. Barão do Guaporé.
Depois de entregar-lhe a 10ª. carta, o carteiro não se conteve um dia e perguntou-lhe:
– Dr. Nilo, me diga aqui uma coisa: o senhor é mesmo Barão?
Para Vitória de Oliveira Costa, a quem chamava de “Doutora Ministra”, ele se assinava sempre:
– Nilo Pereira, um Barão decaído, na nobiliarquia cascudeana.
Segundo Jurandyr Navarro, Nilo serviu a dois Estados brasileiros: um de nascimento, o Rio Grande do Norte; e outro de coração, Pernambuco. E acrescentou:
“Nordestinos, fomos irmãos na luta contra o invasor holandês e irmanados nas suas riquíssimas literaturas”.
O nosso estimado colega Veríssimo de Melo, talvez um dos maiores confidentes de Nilo, dá o seu testemunho:
– Com a morte de Nilo, perdi um amigo sabido e humilde, cuja missão na terra foi a de fazer o bem. Se o Papa João Paulo Segundo, algum dia, tivesse escolhido santos nordestinos, Nilo certamente seria um deles.
Numa das muitas cartas escritas para Veríssimo, Nilo confessava que temia muito a morte:
– Não temo o fim biológico, mas a defrontação com Deus, o Supremo Juiz. Sei que não vou para um bom lugar, a menos que, por uma medida de cautela, o santo Professor Ulysses de Góis ou o subsanto Dr. Otto Guerra me dêem, lá para o Céu, uma carta de apresentação.
O genial Voltaire sentenciou:
– Não aceito que as pessoas de quem a gente mais gosta sejam mortais.
Mesmo sendo Acadêmico e “Imortal”, Nilo de Oliveira Pereira soube, ao contrário de Voltaire, compreender a morte, porque a sua fé católica, que lhe abria a porta da vida além da vida, apresentava este mundo como sendo o caminho e o atalho mais próximos para se chegar ao Céu Eterno.
MUITO OBRIGADO.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


Na postagem anterior publicamos acontecimentos em Ceará-Mirim que foram destaque na blogosfera local no primeiro semestre de 2009. A seguir: de julho a dezembro.


*** No dia 03 saiu um ônibus de Ceará-Mirim com destino a Cachoeira Paulista/SP, conduzindo um grupo de católicos da cidade para participar do Congresso Nacional da Renovação Carismática. A frente da caravana estavam o professor Álvaro Tadeu e o integrante da Renovação Carismática local Alzair.
*** Moradores da Rua Macaíba realizam o I ARRAIÁ DO CONJUNTO NOVOS TEMPOS em Ceará-Mirim. Várias atrações marcaram o evento que atraiu multidão em frente ao CAIC. Destaque para apresentação da Quadrilha Junina Dance/Balance.
*** Motoqueiros de Ceará-Mirim pegaram a estrada no dia 25. Participaram da sétima edição “Aventureiros do Vale” com destino a cidade de Afonso Bezerra/RN.
***O prefeito de Ceará-Mirim Antônio Peixoto retorna de Foz do Iguaçú/PR com veículos, equipamentos eletro-eletrônicos e brinquedos, doados pela Secretaria da Receita Federal à Prefeitura de Ceará-Mirim.
*** O presidente da Petrobrás Biocombustível Miguel Soldateli Rosseto, esteve em Ceará - Mirim, acompanhado do Secretário Municipal de Agricultura Herbert Dantas, para conhecer de perto a Unidade Técnica Demonstrativa- UTD do girassol, em fase de experiência.
*** Ceará-Mirim realiza a 1ª Conferência Livre sobre Segurança Pública do Município, uma parceria da Secretaria da Desfesa Social, Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil e Sociedade Civil Organizada.
*** Para marcar a passagem do Dia do Rock (13/07) roqueiros de Ceará-Mirim se reuniram no Clube de Rádio Amadores ao som da banda local KDA-2 em evento festivo com boa participação.
*** Clube UNISESP de Ceará-Mirim reelege Diretoria para mais um mandato, permanecendo nos cargos Josias Bezerra e Stefano Moreira.
*** O contabilista Eugênio Andrade Filho é eleito novo presidente do Rotary Club de Ceará-Mirim. Sua esposa Fátima assume a Casa da Amizade.
*** Divulgada pesquisa sobre Blogs mais acessados em Ceará-Mirim. Em ordem decrescente: Chaminé, Jorge Moreira, Vereador Júlio César e João André.
*** ONG VALEAMAR realiza eleição para nova Coordenação. O pedagogo Reginaldo Felipe e odontólogo e ambientalista Dr. Alexandre Leocádio são os novos presidente e vice, respectivamente.
*** Vários eventos marcaram a passagem dos 151 anos de Emancipação Política de Ceará-Mirim, promovidos pela Prefeitura através das Secretarias Municipais, dentre eles: Corrida Rústica 30 de Julho, Shows, Exposição e Oficinas de Artesanato, Trilha dos Engenhos, Solenidades, Encontro de Avicultores, Prefeitura na Comunidade (Ações sócio-culturais no bairro São Geraldo), Finais do campeonato de FutSal, dentre outros.
*** No bairro Nova Descoberta em Ceará-Mirim é realizado o “!º Festival de Quadrilhas Estilizadas Renô do Sertão, com seis grupos participantes.
*** Lançado mais um blog em Ceará-Mirim: “Piscou,perdeu”, assinado pelo colunista Flávio Henrique.

*** Ator cearamirinense Crésio Torres estréia no Teatro Alberto Maranhão em Natal a peça “ELES NÃO USAM BLACK-TIE”. Crésio faz um dos papéis principais na obra de Gianfrancesco Guarnieri.
*** Em solenidade realizada na Estação Cultural Prefeito Roberto Varela, a Câmara Municipal de Ceará-Mirim concede título de cidadania ao Sr. Francisco Canindé Costa, numa proposição do vereador Júlio César Soares da Câmara.
*** No dia dos pais a Cooperativa de Taxi Maranatha de Ceará-Mirim, realiza sorteio e premia cinco usuários com aparelhos celulares.
*** Familiares cearamirinenses e amigos de Francisco Martins Alves Neto prestigiam lançamento do seu livro “Crônicas Sensoriais” na Livraria Siciliano do Shoping Midway Mall em Natal.
*** Família Oliveira promoveu dia 15/08 na Fazenda São João em Ceará-Mirim mais uma festa denominada “De volta aos anos 60”. Animação da Orquestra Los Manos.
*** Fundação José Augusto divulga lista dos contemplados com o prêmio Partrimônio Vivo do RN, dentre eles dois contemplados de Ceará-Mirim: Mestre Tião dos Congos de Guerra e Grupo Caboclinhos comandado por Mestre Birico.
*** Erivan Lima promove o vigésimo Tributo a Raul Seixas no Centro Esportivo e Cultural, trazendo a Ceará-Mirim o maior público já visto no tradicional evento.
*** Rotary Club de Ceará-Mirim promove “Seresta dos Pais”. Aconteceu dia 29 com animação de Francinaldo Show.
*** Fundada em Ceará-Mirim a Associação Cordeiro do Vale. Agropecuaristas se unem para potencializar o comércio de carne ovina. Breno Luiz de Melo é o primeiro diretor.
*** Clube de Mães Eulália Borges da Costa (Ceará-Mirim) realizou três dias de exposição artesanal com apresentações culturais no Bairro São Geraldo.



*** A Prefeitura de Ceará-Mirim abre Semana da Pátria em solenidade que contou com a participação da Banda de Música da 7ª.Brigada do Exército Brasileiro.
*** Artista plástico cearamirinense Thiago Costackz realiza exposição “Mitos e Ícones” na capital paulista. Participação da atriz global Carolina Dieckman.
*** Jornalista IRAN COSTA estréia na Rádio 87 FM de Ceará-Mirim o programa semanal “Memória Esportiva”, resgatando a história do esporte cearamirinense nas noites de sexta-feira.
*** Inaugurada em Ceará-Mirim mais um point da moda jovem: RECRUTA. Evento de lançamento contou com boa participação da juventude local.
*** Vigário paroquial Padre Assis celebra com a comunidade seus 12 anos de sacerdócio, todos eles dedicados ao Vale verde.
*** Movimento Espírita Aura Celeste de Ceará-Mirim promove a SEMANA ESPÍRITA com palestras no Auditório do Fórum Municipal.
*** Nana Amorim, vocalista do ANAIRAM BRASIL MUSICAL realiza show no Clube de Radioamadores de Ceará-Mirim.
*** Câmara Municipal de Ceará-Mirim realiza Mutirão da Cidadania na comunidade de Ponta do Mato.
*** A senhora Joselita (de Sandoval) é eleita presidente do Conselho Comunitário do Bairro Luiz Lopes Varela. Damião é o seu vice.
*** Colégio de Santa Águeda (Ceará-Mirim) realiza a 4ª. Bienal do Conhecimento. Muitas atrações acadêmicas e culturais.
*** Reativada em Ceará-Mirim a Associação Cultural Engenho das Artes com o ator Múcio Vicente na presidência.
*** Na Academia Pernambucana de Letras em Recife, no dia 28, a cearamirinense Helicarla Nyely Batista de Morais, aluna do mestrado em História, da UFRN, fez conferência sobre Nilo Pereira, abordando o livro Imagens do Ceará-Mirim.
*** Restaurante e Pizzaria Peter People em Ceará-Mirim, um dos points da cidade, fecha para reforma geral de suas instalações.
*** Banda de rock cearamirinense KDA-2 é atração na cidade e Santa Cruz/RN por ocasião de Tributo a Raul Seixas.


*** Dia 04 Ceará-Mirim lembrou o 3º ano de falecimento do ex-prefeito Roberto Varela em missa na Igreja Matriz.
*** Escola Estadual Otto de Brito Guerra em Ceará-Mirim recebe exposição itinerante do professor Gibson Machado: MEMÓRIA ICONOGRÁFICA.
*** Secretaria Municipal da Juventude, Esporte, Cultura e Lazer promove no Ginásio Aderson Elói em Ceará-Mirim o Campeonato Feminino de Handebol com participação de sete estabelecimentos de ensino.
*** Prefeitura de Ceará-Mirim faz entrega de 100 casas a famílias carentes nas comunidades de Riacho da Goiabeira, Lagoa do Cosme, Gravatá e Ponta do Mato.
*** Vigário paroquial de Ceará-Mirim Padre Assis viaja a Belém do Pará e participa das festividades do Círio de Nazaré.
*** Bairro de São Geraldo celebra o seu padroeiro. Dentre as atrações da festa, a dupla Léia e Sônia e a cantora Fátima Santos.
*** Prefeitura realiza Festa da Criança na Praça Barão de Ceará-Mirim. Milhares de brinquedos foram distribuídos.
*** João Palhano promove no Rotary Clube de Ceará-Mirim o 1º Tributo ao cantor Paulo Sérgio.
*** Vigésima quinta Caminhada da Paz leva milhares de cearamirinenses as ruas da cidade.
*** Outubro foi o mês em que Ceará-Mirim perdeu um grande empreendedor: Hermes Dantas.


*** O mestrando em História pela Universidade Vale do Acaraú, Esteferson Sandis, apresentou seminário sobre a historiografia do Vale verde com base no livro "Memória Iconográfica de Ceará-Mirim", de Gibson Machado.
*** Realizada com sucesso nos dias 12 e 13 na Estação Cultural Prefeito Roberto Varela a I Mostra de Conhecimentos da Educação Infantil promovida pela Secretaria Municipal de Educação de Ceará-Mirim.
*** Em Brasília, o prefeito de Ceará-Mirim assina convênio com o Ministério da Educação para a construção de uma Creche/Escola Infantil, que ficará localizada no Conjunto Habitacional Luiz Lopes Varela.
*** Ferdinanda Dias realiza Concurso Miss Ceará-Mirim Oficial 2009 inaugurando a “Casa Amarela”, novo espaço para eventos na cidade. Paloma Côrtes, filha do popular “Chico Neguinho” ficou em primeiro lugar.
*** Banda PARAGANDAN de Ceará-Mirim realiza festa para lançamento do mais recente CD.
*** A “Noite Classe A” foi realizada no Rotary Club de Ceará-Mirim, numa promoção de Francisco Canindé - “Biduca”, comemorando seus 16 anos de colunismo social (Jornal de Natal), reunindo o high-society da cidade e convidados.
*** Idiana Rodrigues realizou dia 18 a I MOSTRA UNIVERSO FOTOGRÁFICO DE CEARÁ-MIRIM na Estação Cultural Prefeito Roberto Varela. Fotografia, música, arte e cultura estiveram em evidência na grande noitada.
*** Representação de Ceará-Mirim participou das homenagens a Nilo Pereira na Academia Norteriograndense de Letras por ocasião da solenidade alusiva ao centenário de nascimento do jornalista e escritor cearamirinense.
***A Praça da Matriz foi palco de mais uma edição do CEARÁ-MIRIM FASHION WEEK. Numeroso publicou prestigiou os desfiles ao ar livre em passarela que contornava a fonte luminosa.
*** Shygeak e Banda realizaram grande festa nos salões do Centro Esportivo e Cultural para celebrar o trigésimo aniversário do artista da terra.
*** Anunciada oficialmente pela Arquidiocese de Natal a transferência dos padres Assis e Franklin e nomeação dos novos vigários para Ceará-Mirim.
*** Equipe do Colégio Pirâmide – Ceará-Mirim - consagra-se campeã juvenil de Futsal nos Jogos Escolares 2009.
*** Pizzaria e Restaurante Petter People inaugura as novas instalações na Avenida Enéas Cavalcante em Ceará-Mirim.
*** 197 crianças da comunidade realizaram sua primeira eucaristia no Ginásio de Esportes Aderson Elói, em cerimônia presidida pelo vigário paroquial Padre Assis.
*** Prefeitura de Ceará-Mirim reativa Banda de Música Municipal Tenente Djalma Ribeiro, que havia paralisado atividades desde outubro de 2008.
*** Dia 28 começaram as festividades alusivas a padroeira de Ceará-Mirim Nossa Senhora da Conceição.
*** Dia 29 foi realizada mais uma CAVALGADA DO VALE. Sob o comando do Professor Silvino, evento reuniu mais de1.200 cavaleiros e amazonas de toda região.


*** Iluminação natalina disponibilizada pela Prefeitura toma conta de vários pontos de Ceará-Mirim, proporcionando novo visual noturno, a partir da entrada da cidade.
*** Paróquia de Ceará-Mirim lança novo site: www.nsconceicao.cjb.net . Editado pelos agentes da PASCOM, trás toda cobertura da festa da padroeira.
*** Rotary Club de Ceará-Mirim promoveu no dia 05 o II Baile do Reencontro. A animação foi da Orquestra Los Manos, com renda revertida para a Paróquia.
*** Blog Chaminé anuncia encerramento definitivo de postagens no dia 31 de dezembro.
***Visitando Ceará-Mirim a jovem Ceicinha Câmara. Atualmente residindo em Portugal, reuniu amigos para um jantar de reencontro.
*** Realizada a 1ª. Festa do Cordeiro, no Largo São Vicente em Ceará-Mirim, numa promoção da Associação dos Criadores, com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento e EMATER/RN.
*** Artistas da terra, cantores e bandas convidadas fizeram 11 noites de shows durante a festa da padroeira. Dentre as atrações: Sirano & Sirino e Saia Rodada.
*** Helicarla Morais lançou seu livro “Três rios dentro de um homem – Nilo Pereira em Imagens do Ceará-Mirim”, dia 07 no pavilhão da festa de Nossa Senhora da Conceição.
*** Artista plástico cearamirinense Ojuara retorna da Europa e expõe peças originais na praça da matriz durante festa da padroeira.
*** Francisco Navegantes, representando a ONG VALEAMAR de Ceará-Mirim é eleito delegado na Conferência Estadual de Cultura para representar o RN em Brasília,por ocasião da Conferência Nacional.
*** 11 de dezembro, dia do centenário de nascimento do escritor e jornalista cearamirinense Nilo Pereira, é lembrado no Blog Chaminé e pela Fundação Cultural que leva o seu nome.
*** Flamenguistas de Ceará-Mirim realizam grande carreata para comemorar o título de campeão brasileiro 2009 do rubro negro carioca.
*** O seminarista cearamirinense Helenildo Marques é ordenado Diácono e irá se preparar para o sacerdócio estagiando na cidade de Várzea/RN.
*** Projeto BOCA DA NOITE, idealizado pela Associação Cultural Engenho das Artes leva artistas da terra e numeroso público a Praça das Cinco Bocas em Ceará-Mirim.
*** Vigário Paroquial de Ceará-Mirim Padre Francisco de Assis despede-se oficialmente dos paroquianos em Celebração Eucarística dia 30/12 as 19h30. Na oportunidade recebe homenagens das pastorais, grupos, movimentos e comunidade.


terça-feira, 29 de dezembro de 2009

CEARÁ-MIRIM
Retrospectiva 2009
Conforme anunciamos anteriormente, segue um pequeno resumo de alguns acontecimentos que mereceram registro na blogosfera de Ceará-Mirim neste ano que termina. Dia 30 a segunda e última parte desta RETROSPECTIVA e dia 31 o blog encerra suas postagens em definitivo.


*** Câmara Municipal de Ceará-Mirim realiza solenidade de posse do prefeito ANTÔNIO PEIXOTO e LUIZ ANTÔNIO vice-prefeito.
*** Aline Lopes, ex-aluna do Colégio de Santa Águeda, cola grau em Arquitetura na UFRN e passa em 1º lugar no concurso do Estado, sendo convocada para atuar na sua área.
*** 23 de Janeiro assinala os 17 anos de falecimento do escritor e jornalista cearamirinense NILO PEREIRA. Blog Chaminé transcreve artigo publicado pelo seu filho Geraldo Pereira no Jornal do Commércio (Recife).
*** O radialista Etevaldo Alves despede-se dos microfones da Rádio 87 FM no domingo 25/01 em seu programa “Domingo é show” das 10h00 as 14h00.
*** O prefeito de Ceará-Mirim/RN Antônio Marcos de Abreu Peixoto (PR) foi eleito 1° Tesoureiro na Federação dos Municípios do RN-FEMURN. Na 1ª. Vice-presidencia ficou JOSÉ SALY ARAÚJO, prefeito de Cruzeta e comerciante em Ceará-Mirim.
*** O Conselho Municipal do Fundo de Apoio Comunitário – FUMAC de Ceará-Mirim realiza eleição para escolha dos novos Conselheiros e da Mesa Diretora.
*** Dia 17 completaram-se três anos da morte do músico baixista Davi, bastante identificado no cenário artístico musical de Ceará-Mirim.
***Sepultada no dia 13 em Ceará-Mirim a Sra. ZILAH SOARES HUCK. Muito conhecida na sociedade local, fazia parte do Clube da Melhor Idade e era Ministra da Eucaristia na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição.
*** A Igreja Evangélica Renovação Cristã de Ceará-Mirim completou seu 1º ano de existência. O culto comemorativo foi transmitido pela Rádio 87 FM.
*** Artesãos locais representam Ceará-Mirim na FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO no Pavilhão do Centro de Convenções em Natal/RN de 23 de janeiro a 1º de Fevereiro. Iniciativa da Prefeitura através da Fundação Nilo Pereira.
*** O funcionalismo público municipal passa por recadastramento geral.
*** A Biblioteca Pública Municipal Dr. José Pacheco Dantas volta a ocupar seu antigo prédio na rua Heráclio Vilar. Assume a direção a Sra. JANETE ANDRADE DE LIMA SOARES, recém-formada em biblioteconomia pela UFRN.


*** Moradores da Rua Oscar Brandão e antiga Rua São João de Ceará-Mirim realizam no dia 07 o 1º Oscar Folia resgatando os antigos carnavais de rua da cidade.
*** Fátima Fagundes, Professores Albério e Bill Martiniano realizam no dia 14, com sucesso, mais um Carnaval da Saudade no Centro Esportivo e Cultural com animação da Orquestra Perfume de Gardênia.
*** O vigário paroquial Padre Francisco de Assis de Melo Barbosa viaja em peregrinação a Juazeiro do Norte com um grupo de paroquianos.
*** Jornal LITORAL NOTÍCIAS, sob o comando do jornalista Iran Costa comemora oito anos de circulação
*** Prefeito Antônio Peixoto participa no dia 06 na Câmara Municipal de Ceará-Mirim de Sessão Especial onde faz a leitura da mensagem anual do Poder Executivo.
*** Em 7 de fevereiro Renato Martins e Douglas colocam no ar o Blog BOCA DA MATA.
*** Numa sexta-feira 13, chega ao Vale do Ceará-Mirim o Excelentíssimo Sr. Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Veio conhecer projetos de sustentabilidade rural que deram certo.
*** O jornalista, advogado, professor, magistrado, poeta e escritor cearamirinense Edgar Barbosa é lembrado pelo centenário do seu nascimento em 15 de fevereiro.
*** A Rádio 87 FM colocou sua programação na internet. Mensagens de cearamirinenses em várias partes do mundo chegaram a emissora. Posteriormente problemas técnicos impossibilitaram a continuidade de transmissão pela rede.
*** O estudante cearamirinense Bruno Câmara, do bairro São Geraldo, ingressa na ordem religiosa dos Redentoristas e viaja para residir em Arapiraca no estado de Alagoas.


*** Em Ceará-Mirim significativas homenagens pela passagem do Dia Internacional da Mulher são promovidas pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário com intensa programação sócio-cultural e educativa.
*** O cantor e compositor cearamirinense Marcos Câmara se apresenta com ótima performance no show instrumental de violão em evento promovido por Idiana Rodrigues no espaço “Chá de Alegria”.
*** Para celebrar o Dia da Poesia (14/03) a Biblioteca Pública Municipal Dr. José Pacheco Dantas promove exposição e a Fundação Nilo Pereira apresenta programas radiofônicos sobre a data na 87 FM de Ceará-Mirim, com participações especiais.
*** Marcos Augusto é nomeado novo administrador do centenário Mercado do Café em Ceará-Mirim.
*** Inaugurado em Ceará-Mirim mais um templo religioso. Desta vez chega ao Vale a “Igreja Mundial do Poder de Deus”, do “apóstolo” Valdomiro.
*** Familiares da professora Maria Bernadete e de Dona Maria Agostinho Barros participam de missa pelo 1º aniversário de falecimento destas duas grandes cearamirinenses falecidas em março de 2008.


*** Em 03 de abril Ceará-Mirim perde Dona Maria Assunção que era viúva do saudoso Nelson Moreira.
*** Fãs de Roberto Carlos em Ceará-Mirim prestigiam a 5ª. edição do “TRIBUTO AO REI” realizado dia 04 no Centro Esportivo e Cultural.
*** O cantor cearamirinense Bosco Tomaz lança seu novo CD intitulado “PRINCESA” dia 11 no Centro Esportivo e Cultural, em festa que contou com a participação das Bandas MUSICANTO e BEIJO MOLHADO.
*** Dia 12 Monsenhor Rui Miranda, pároco de Ceará-Mirim, completou 81 anos de idade e participou de celebração em ação de graças na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
*** A Fundação Nilo Pereira passa a funcionar no Centro Administrativo da Prefeitura de Ceará-Mirim.
*** A Secretaria da Juventude, Esporte Cultura e Lazer realizou a 25ª. Corrida Ciclística 21 de Abril com premiação para os primeiros colocados
*** Ex-vereador Franklin Marinho recebeu homenagem na Câmara Municipal de Ceará-Mirim em Sessão Especial presidida pelo Vereador Francisco Roberto Lima.
*** A Juíza Dra. Maria Zeneide Bezerra promoveu grande festa cultural no dia 28 para celebrar o 3º aniversário de inauguração do Fórum Desembargador Virgílio Dantas. Na oportunidade foram comemorados os centenários de Nilo Pereira, Edgar Barbosa, Cartola e Carmem Miranda.
*** Em 30 de abril o Vale amanheceu de luto. Faleceu Giovan Olímpio dos Santos. Era funcionário aposentado da Caixa Econômica Federal – agência Ceará-Mirim - e tinha um grande círculo de amizade em toda região.


*** Jornal LITORAL NOTÍCIAS chega a sua edição nº 100. Integra o Sistema Litoral de Comunicação, capitaneado pelo jornalista Iran Costa.
*** Cantora Mariana da Banda cearamirinense ANAIRAM participa em Fortaleza da 1ª etapa do programa ÍDOLOS (Tv Record).
*** Chega ao Vale o Projeto Ninho Roda Brasil, da Nestlé. Durante três dias (de 15 a 17) foram exibidos seis filmes nacionais na Praça Barão de Ceará-Mirim em equipamentos modernos e de alta tecnologia. Na estrutura veio um canhão de luz cujo facho era visto há vários quilômetros de distância. Foi produzido e exibido pela equipe um clip musical com imagens da cidade e performance do ator Múcio Vicente.
*** A cantora DIDÉ RODRIGUES realiza festa de lançamento do seu CD “EXOTÉRICO”, com grande presença de público no Centro Esportivo e Cultural”. Participação Banda Simetria e Débora Perciana.
*** Os fãs de Bob Marley se reúnem no Centro Esportivo e Cultural para mais um tributo ao ídolo do reggae. Uma das atrações foi a banda Naturalmente.
*** A Prefeitura de Ceará-Mirim, em parceria com o SEBRAE/RN, realiza no Ginásio Aderson Elói de Almeida a Semana do Empreendedorismo, com grande participação.
*** Em maio o Vale verde presenciou tristes momentos: o falecimento da advogada Dra. Lúcia Brandão; o trágico acidente de moto em que foi vítima fatal o jovem Armando, filho do casal Professora Malu/Fernando Campos e o brutal assassinato em Natal de Luiz Goiana, bastante conhecido no Assentamento São José, Comunidade de Pedregulho.
*** Ceará-Mirim recebe visita do casal Celso Antunes e sua esposa Anna, residentes no Paraná. Ele é da tradicional família Antunes (de Juvenal e Madalena). No Vale verde o casal foi ciceroneado por Lúcia Helena Pereira e Edmilson Rodrigues, Secretário Municipal de Articulação Política.
*** O Poder Judiciário realiza em Ceará-Mirim mais uma etapa do Projeto JUSTIÇA NA PRAÇA. Evento aconteceu no pátio do Fórum Desembargador Virgílio Dantas com vasta programação cultural e de assistência a população.
*** A Secretaria Municial de Turismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico de Ceará-Mirim realiza a Semana do Meio Ambiente e Fórum Ecológico com intensa programação.



*** A Loja Maçônica Princesa dos Canaviais empossa seu novo Venerável Mestre: José Edmar de Araújo Júnior. Ele é coordenador do Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura de Ceará-Mirim.
*** A Prefeitura de Ceará-Mirim promoveu o I ARRAIÁ DOS ENGENHOS de 20 a 23, levando grande público para a área entre a Estação Cultural e o Ginásio de Esportes. Para participar do evento o TREM DO FORRÓ trouxe muitos passageiros da capital.
*** O Projeto Assembléia Itinerante foi desenvolvido em Ceará-Mirim. Além de Sessão Especial presidida pelo Deputado Robson Faria,vários stands foram montados para prestação de serviço em diversas áreas, além de apresentações culturais. Quase todos os deputados marcaram presença durante dois dias.
*** Eduardo Quirino de Souza, antigo funcionário dos Correios, agência Ceará-Mirim se aposenta e recebe homenagem dos colegas de trabalho.
ESTA RETROSPECTIVA CONTINUARÁ - DIA 30/12 (QUARTA-FEIRA)
CULTURA

ESPAÇO CULTURAL CANTO DO MANGUE
HOMENAGEIA LÚCIA HELENA PEREIRA

Lúcia Helena e Jaécio Carlos

A escritora e poetisa cearamirinense Lúcia Helena Pereira receberá homenagens no Espaço Cultural Canto do Mangue em Natal no próximo dia 09 de janeiro as 19h00. A iniciativa é de Jaécio Carlos (titular da INFORMÁTICA EM REVISTA).
Na oportunidade acontece recital poético, atrações do Celeiro da Música e Coquetel. O evento marca ainda aniversário natalício de Melânia Manso.

UM ANO PARA SER E FAZER DIFERENTE:
DEPENDE DE VOCÊ

Terminamos mais um ano. Os homens são sedentos pelas frações do tempo, quer sejam em séculos, décadas, anos, meses, dias, horas, minutos, segundos. Isto vem de longe, duma época bem distante. Contar os dias é algo tão peculiar do ser humano, assim como é próprio do rio correr à foz.
Mas os grandes, aqueles que constroem um mundo a parte e vivem numa dimensão muito mais superior, não se preocupam com o fator tempo, aliás no que tange ao transcendental o cronos não existe.
Há pessoas que passam por aqui muitos anos, no entanto, nada edificam, são adeptos da pior filosofia da existência: a normose, que assim é definida pelo grande mestre Hermôgenes: “Os maus hábitos cristalizados como normais pela sociedade, tais como o consumismo e a corrupção”.
E o pior é que a grande maioria segue a normose e não sabe. São escravos sem horizontes a libertação. Que em 2010 sejamos capazes de fazer um ano diferente em nossa vida. Sejamos idealistas e não e apenas sonhadores, pois a diferença entre este e aquele é que o idealista luta para realizar aquilo que sonha.
Que os homens possam no ano vindouro ser mais poetas, cantar a vida, viver a fé. Que cada mulher cultive durante todo o ano novo não apenas a beleza exterior, mas sobretudo a interior.
Que os pais tenham sabedoria para transmitir aos filhos. Que os professores, ah! os mestres, bem a eles desejamos um 2010 paradisíaco. Aos jovens deixamos a tarefa para que cada um possa vir a obedecer a si mesmo, não sem freios, sem limites, sem horizontes, mas com foco. Pois aquele que não obedece a si mesmo é regido pelos outros.
E às crianças, tesouro de cada lar, que para elas haja em 2010 uma Civilização de Amor. Feliz Ano Novo!


A VIDA E O TEMPO
Quem não lembra destes versos? “o tempo perguntou pro tempo, quanto tempo o tempo tem, e o tempo respondeu pro tempo, que nem o tempo, sabe o tempo que o tempo tem...” Pois é, se nem o tempo tem tempo de pensar, imagine nós que somos prisioneiros de. Esse Cronos nos aprisiona e nos limita, fazemos tudo pensando no tempo, e pelo tempo vivemos. Na Bíblia, precisamente, em Eclesiastes está escrito que há tempo pra tudo, isso quer dizer que usamos mal esse tempo, pois todos nós temos as mesmas 24h. e, sempre temos a desculpa de dizer “não tenho tempo”. Muitos se perguntam quanto tempo ainda tenho? Quanto tempo falta para isso ou àquilo. Existem pessoas que não sabem viver o momento, pois pensando bem o que nos resta? O passado pertence a história, e o futuro a prospecção, então somente nos resta o PRESENTE, o agora, talvez por isso se chame assim, pois é um presente de Deus para nós. Mais uma vez cito Eclesiastes 1,9 : O que foi, é o que há de ser; e o que se fez, isso se tornará a fazer: nada há, pois, de novo debaixo do sol...” então caro leitor, viva intensamente o momento presente e se quiser, ainda, ficar filosofando o que mais imediato é momento ou o instante presente? Não se prenda ao passado ele não voltará e não fique ansioso com o futuro, pois amanhã ele chegará, Carpe Dien, aproveite a vida como diziam os medievos, o filosofo Nietzsche disse “ Eis o momento! Começando nesta porta, um longo e eterno caminho mergulha no passado: atrás de nós está uma eternidade!” observe que ele descreve o passado como uma eternidade, subentendo que o futuro também seja, e assim Viva o presente! Com perdão do trocadilho, viva-o.
O que é o Ano novo? Não é apenas a vida de mais um mês? De 31 para o dia 1º? Mas, a mística que envolve o recomeço nos rodeira e psicologicamente funciona como fim de um ciclo e o começo de outro, então meu caro e minha cara, não se prenda ao tempo, não se prenda a superstições de saltar ondinhas, de ofertar flores e perfumes ao mar, usar cuecas ou calcinhas coloridas para ter sorte, neste ano creia no seu potencial e recomece sua vida sem prisões, sem apegos...Creia, que o Filho de Deus saiu da eternidade e entrou no tempo, pra te tirar do tempo e te levar para eternidade, esse mistério precisa ser vivido a cada dia de tua vida.
Essa frase não é minha é de um grupo gospel chamado Oficina G3, que me marcou muito esse ano, outra coisa que me marcou foi o show de um poeta que não vive muito na mídia, mas que sua poesia é lembrada em muitas festas de padroeiro por aí, quando cantam “ta vendo aquela igreja moço...” Pois é, lembrou né? Mas, ele é bem mais que essa música como “milhos aos pombos” entre outras, foi maravilhoso curtir tantas canções e mensagens positivas.
Convido você a fazer a diferença nesse ano que se aproxima, plante coisas positivas e colherá frutos grandiosos. Lembrei agora de T.S. Eliot com o qual encerro esse artigo.
“... e o fim de vossa viagem será chegar ao lugar de onde partimos. E conhecê-lo então pela primeira vez.”
Sucesso e Fé sempre!


A EDVALDO MORAIS
Esta pequena e, acredito, rápida parada, não será o Fim de um Sonho que foi plantado em seu Coração e enraizado em todos que fizeram e acredito que farão novamente parte quando o nosso Blog voltar a ser publicado novamente.
Foram mais de dois Anos; Anos que tive total apoio em escrever o que escrevi e que acatei quando alguma Palavra foi modificada por Você... Sempre Você teve Total Liberdade para fazer alguma modificação e nunca fiquei constrangido quanto a isso.
Escrevi sobre vários temas... E, algo precisa ser dito, pouco sobre a Cidade de Ceará-Mirim... Mas, Esta Cidade é algo que está no meu Coração sejam as boas quanto às recordações não tão boas... As Boas merecem serem Vividas e postas em prática, as não tão boas devem ser refletidas e observadas para não mais colocá-las em prática.
Agradeço também a todos que leram minhas Mensagens e de todos os Articulistas do Blog Chaminé, pois sem os leitores não teríamos conseguido chegar até aonde chegamos... Se Deus nos permitir este será um breve intervalo e com o final do Curso que Você está terminando, iremos proporcionar mais Mensagens para todos e com o mesmo respeito e a atenção que todos os leitores merecem... Será um prazer para mim, voltar a fazer parte deste meio de comunicação, que respeita acima de Tudo a instituição primeira que Deus nos deu: A FAMÍLIA. Fica com Deus Meu Irmão e Amigo!!! Um Forte Abraço!!! SHALOM!!!



A última vez que o blogueiro esteve no  Abrigo de Idosos São Vicente de Paula em Ceará-Mirim, observou um fato inusitado: duas jovens estudantes cearamirinenses que lá estavam: Daniela (16 anos) e Jéssica (18) tiveram a iniciativa de, voluntariamente, durante o ano todo, algumas vezes por semana visitarem os internos daquela casa. Elas conversam, cantam, brincam e animam. Vão em cada aposento transmitindo mensagens de alegria e otimismo. Como diria Eliel Silva, temos que mirar este exemplo.


Daniela, uma interna e Jéssica

domingo, 20 de dezembro de 2009


CINEMA

Quando foi exibido no Brasil no final da década de 60, Dio, Come Ti Amo levou multidões às salas de cinema. As músicas "Dio, Come Ti Amo" e "Non ho l'età" embalaram o romance e os "bailinhos" de muitos jovens enamorados da época. A inesquecível cantora Gigliola Cinquetti interpreta bela e inocente jovem de família pobre que se apaixona pelo noivo rico de sua melhor amiga. Emocionados com a paixão da moça, seus familiares a fazem se passar por uma princesa para que ela possa viver este romance impossível.





Gigliola Cinquetti ficou conhecida aos 16 anos, quando participou do Festival de San Remo em 1964, ficando em primeiro lugar com a música Non Ho l'Eta Per Amarti, ao lado de Patrícia Carli. Dois anos depois estreou no cinema em Dio, come ti amo, ao lado de Mark Damon.



MOTO-TAXI
O blogueiro costumeiramente utiliza-se de mototaxi para locomoções mais distantes em Ceará-Mirim. Um mototaxista comentou que tem aumentado consideravelmente a quantidade de trotes recebidos. Eram 10 da manhã do sábado e somente ele já tinha atendido a dois naquele dia. Lamentável.
AGRADECIMENTO
O Blog agradece a professora Margareth Pereira pelo envio da Crônica de Natal, que publicamos na postagem desta semana.
MATEMÁTICA
Havia matemática no meio do caminho. O blogueiro precisava tirar 9,5 em matemática para passar por média na faculdade. A nota foi 8,00. Vamos para a recuperação precisando de 4,00. Torçam por mim, a prova é nesta terça-feira.
MISSA DO GALO
Mais uma vez grande multidão se fará presente no largo da Igreja Matriz de Ceará-Mirim para a tradicional missa do galo que acontece a meia-noite do dia 24 para 25, pela última vez com a presença do padre Assis, já que em 06 de janeiro ele vai assumir a paróquia de Macaíba.
SHOW NA PRAÇA
A praça das 5 Bocas em Ceará-Mirim mais uma vez será palco do Projeto Boca da Noite. Trata-se de evento cultural realizado pela Associação Engenho das Artes em parceria com o Conselho Comunitário do bairro com apoio da FORNALHA pizzaria. Nesta 4a.feira (23/12) a partir das 18h00.
ROBERTO COUTINHO
Somente esta semana soubemos do desligamento do amigo Roberto Coutinho da revenda MINASGAS/Ceará-Mirim, (do casal Nenéo Tito / Marília), com quem trabalhou desde a empresa Tito Auto Peças. Votos de sucesso em seu novo ramo de atividades.
CENTENÁRIO
Caravanas de Ceará-Mirim marcarão presença na abertura das festividades do Centenário da Diocese de Natal. Evento começa na tarde da próxima sexta-feira com missa e shows de Marina Elali e Padre Fábio de Melo no Machadão/Natal. Entrada Franca.
NOVO BLOG
Ceará-Mirim ganha novo Blog dia 1º de Janeiro. Eliel Silva assume seu lado blogueiro em definitivo. O título está guardado a sete chaves. Pelo que ele vem mostrando no “Jovem Guarda”, que entrará em recesso, agradará a gregos e troianos.
CEARÁ-MIRIM - RETROSPECTIVA 2009
Em suas duas últimas postagens o Blog Chaminé vai apresentar uma retrospectiva dos acontecimentos em Ceará-Mirim neste ano que termina. Dia 27: de janeiro a junho e dia 31: de julho a dezembro.
NOVO COMANDO
A 1ª. Delegacia do Serviço Militar de Ceará-Mirim tem novo comando. Com a transferência do Capitão Valtércio para Natal, assume o Sub-Tenente Paulo Renato de Azevêdo Córdova. Ele é natural do Rio Grande do Sul, mas estava à frente da 6ª Circunscrição do Serviço Militar na cidade de Bauru, interior do Estado de São Paulo. Boas vindas!
SANDRO CARLOS
Ainda é tempo de cumprimentar o radialista Sandro Carlos, do “cast” da 87 FM pelo título de melhor locutor do ano. Pesquisa foi realizada pela Rádio 106 FM de Ceará-Mirim.
CADÊ VOCÊ?
Web-leitores estão sentindo falta das postagens da antenada blogueira JHANCY RICHELM que estacionou durante a festa da padroeira.
FIM DOS TEMPOS
As famigeradas pulseiras coloridas já chegaram a Ceará-Mirim. Alerta geral aos pais. Mais um contra valor para as famílias. No blog do Sandro Carlos os detalhes do descalabro.
SORTEIO
Será dia 31 o sorteio promovido pela paróquia de Ceará-Mirim em substituição ao bingo que acontecia há 16 anos. Com apenas cinco reais o comprador do bilhete concorre a ótimos prêmios.
MOSSORÓ
Pela primeira vez, em 30 anos, a festa da padroeira Santa Luzia em Mossoró não contou com a presença do Monsenhor Américo Simonetti, vigário geral da Diocese, falecido recentemente. Na abertura dos festejos, uma homenagem em telão gigante emocionou a todos os presentes. No encerramento dos festejos, com a participação da cantora Joana, uma caravana de cearamirinenses marcou presença.
AVÔHAI
Fãs do cantor Zé Ramalho tem oportunidade única nesta segunda-feira de assistir ao show que o paraibano fará no anfiteatro da UFRN dentro da programação do “Natal em Natal”. Antes de Zé Ramalho acontece apresentação do Coral 300 Vozes. Início: 19h. Entrada gratuita.
SHAOLIN EM NATAL
O mestre nas artes da imitação e de contar piadas está de volta a Natal. Dessa vez, o humorista paraibano vem com o show “Shaolin - O filho da mãe”. A temporada vai de 28 a 30/12 às 21h, no Teatro Alberto Maranhão. Entrada: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).
CELULAR
A revista Veja em sua coluna “Radar” informa que o Brasil fechou o mês de novembro com 169,8 milhões de celulares. Isso significa que, hoje, de cada 100 brasileiros, 88 têm celulares".
QUEM PODE, PODE...
Segundo a colunista Mônica Bergamo (Jornal O Globo) o sheik Tahnoon Bin Saeed, dos Emirados Árabes, reservou a pousada mais cara de Fernando de Noronha para virar o ano com vinte amigos. As diárias saem por R$ 6.200,00. São cinco bangalôs e três apartamentos. Total geral do pacote: 350 mil reais.
BIG BROTHER BRASIL
Na décima edição do reality show global, que estréia em janeiro, comenta-se que o prêmio vai para um milhão e meio de reais e que entre os participantes estará um transexual para enganar os marmanjos.